Heráldica – introdução

Chegou a hora de mais uma inovação! A Gladius Swordplay agora incorpora os brasões dos seus combatentes veteranos ao sistema de ranking do grupo. Ao cumprirem alguns pré-requisitos básicos, nossos guerreiros passam a ter o direito de criar e ostentar seus próprios brasões heráldicos, demonstrando assim os seus anos de dedicação ao grupo e sua habilidade em combate.

A Gladius acredita que cada participante tem seu próprio potencial e valor, tanto dentro quanto fora do campo de batalha. Assim, em vez de uniformizar todos os guerreiros em uma massa homogênea, preferimos destacar os indivíduos e reconhecer as contribuições de cada um, dando-lhes o direito de ostentar sua individualidade e personalidade por meio do brasão.

O brasão

O brasão do combatente é um símbolo da sua linhagem e das suas conquistas. Todos os combatentes de respeito conquistam o direito a ter seu próprio brasão, com cores e símbolos reconhecíveis por toda a terra. As cores, figuras e padrões podem relembrar grandes momentos do passado do guerreiro ou representar algum aspecto específico, muitas vezes incorporando algum componente histórico que reflita suas habilidades ou personalidade. Desta forma, o brasão se torna um elemento significativo da identidade do participante na Gladius Swordplay.

O Colégio Heráldico – COLHER

O Colégio Heráldico (COLHER) da Gladius Swordplay é a entidade responsável por aprovar e oficializar os brasões dos combatentes.

O COLHER é formado por participantes da Gladius que tenham habilidades artísticas e artesanais, indicados especialmente para a tarefa pela Diretoria do grupo. No início de cada ano o COLHER se reúne para aprovar os novos brasões que são enviados pelos guerreiros, assim como as alterações e acréscimo de elementos que acontecem conforme os participantes vão progredindo pelos níveis do ranking.

Atenção: A heráldica da Gladius Swordplay se inspira na heráldica medieval tradicional, mas tem suas diferenças. Os brasões criados pelos combatentes do grupo talvez não sigam todas as regras da heráldica tradicional. E não tem problema nenhum nisso 🙂

Confira o guia para a criação do seu brasão clicando nos links abaixo. Preparamos uma série especial de páginas com todas as diretrizes necessárias 🙂